Follow by Email

sábado, 21 de janeiro de 2012

São Paulo

São Paulo faz 458 anos.

Foto:liamelquides
.............................................................................................

Lugares em São Paulo
MASP - Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand 

Avenida Paulista


Museu Paulista
"Museu do Ipiranga"










 Mosteiro de São Bento

 Centro de São Paulo vista 
do alto do Edifício Martinelli





 Edifício Martinelli





 Centro Cultural Banco do Brasil





Catedral Metropolitana de São Paulo
"Catedral da Sé"
 Praça da Sé

 Solar da Marquesa de Santos


FOTOS: LIAMELQUIDES
Blog Café com poesia

São Paulo faz 458 anos

25 DE JANEIRO

Situada a uma altitude de 860 metros, no planalto de Piratininga, sudeste do Brasil, a cidade de São Paulo é a capital do estado do mesmo nome, o mais populoso do país. A cidade ocupa hoje uma área de 1.525 km2. Ela surgiu de um núcleo que se formou em torno da inauguração do Colégio da Companhia de Jesus, por um grupo de jesuítas, no ano de 1554.
Num dia 25 de janeiro, os padres Manoel da Nóbrega e José de Anchieta rezaram a primeira missa daquele assentamento então existente. É a data em que hoje se comemora a fundação da cidade.
Por que a Companhia de Jesus?
Fundada em Roma, em 1539, pelo espanhol Inácio de Loyola, a Companhia de Jesus tinha o principal objetivo de combater a reforma protestante e foi uma instituição muito atuante na colonização do Brasil. Os primeiros jesuítas vieram para o Brasil em 1549, quando desembarcaram na Bahia junto com o governador geral Tomé de Souza.
Segundo os historiadores, os jesuítas fizeram um trabalho relevante com os indígenas, em geral, mas em relação à escravidão, não se envolveram tanto assim.
Costumavam agrupar os índios em aldeias que eram classificadas como Missões. Nessas missões, os índios eram catequizados e trabalhavam no cultivo da terra. Os jesuítas administravam vastas extensões de terra. O excedente do que era produzido negociavam com os colonos.
Anchieta e Nóbrega, os dois jesuítas presentes à fundação de São Paulo, trabalharam com os índios no Brasil de forma diferente. José de Anchieta dominava várias línguas e foi responsável pela elaboração de uma gramática de língua nativa (chamada de língua brasílica). Manoel da Nóbrega participava menos nas letras e mais como líder, segundo consta, por seu temperamento enérgico e diplomático.
Ares frios e temperados como os da Espanha
Foi o que acharam do planalto de Piratininga quando o alcançaram ao escalarem a serra do Mar, os padres Nóbrega e Anchieta. Consideraram a localização boa quanto ao aspecto de segurança, uma colina alta e plana cercada por dois rios, o Tamanduateí e o Anhangabaú. Ao redor do colégio que ali fundaram surgiu o núcleo inicial da cidade, as primeiras casas de taipa que deram origem ao povoado de São Paulo de Piratininga.
Dali partiam as bandeiras
No século XVII, as bandeiras, expedições organizadas para aprisionar índios e procurar minerais preciosos no interior do Brasil, foram responsáveis pela ampliação do território brasileiro, mas não pelo crescimento econômico daquela área. Saíam de São Paulo, explorando sul e centro-oeste, além do estado de Minas Gerais. Importantes rodovias que hoje partem de São Paulo foram inicialmente trilhas abertas pelos bandeirantes: rodovia Anchieta, rodovia dos Imigrantes, via Dutra, rodovia Fernão Dias.
Distante do litoral e isolada Em 1560, São Paulo já era uma Vila, mas não iria se desenvolver rápido. Sofreu um isolamento comercial porque estava distante do litoral e seu solo não era propício ao cultivo dos produtos que àquela época eram exportados.
Até o século XIX, o núcleo se desenvolveria apenas em torno de um triângulo que hoje é chamado de Centro Velho de São Paulo, onde ficam os conventos de São Francisco, de São Bento e do Carmo. Nas ruas Direita, XV de Novembro e de São Bento, estavam o principal comércio e os serviços da cidade.
Impulso dado pela lavoura do café
Em 1681, São Paulo era a cabeça da Capitania de São Paulo e, em 1711, a vila foi elevada à categoria de cidade. Com a abertura de duas novas ruas, a Líbero Badaró e a Florêncio de Abreu, a área urbana foi sendo ampliada.
Foi na época da independência do Brasil que São Paulo, como capital da província, com a criação da Academia de Direito e da Escola Normal, acordou para as atividades culturais, intelectuais e políticas, porém somente no final do século é que a cidade iniciou realmente o processo de crescimento econômico, com o desenvolvimento da cultura do café.
A região recebeu muitos imigrantes europeus com qualificação profissional (principalmente italianos) o que viria a possibilitar o acúmulo de capital e a sua industrialização.
O café mudou o perfil socioeconômico da província: abriu um bom mercado de trabalho, o que atraiu também a vinda de brasileiros de outras regiões do país, criando o fenômeno da urbanização na região.
Como São Paulo se urbanizou
A urbanização se expandiu para além do triângulo dos conventos, surgiram as linhas de bondes, os reservatórios de água e a iluminação a gás. O Brás e a Lapa eram os bairros operários, estavam ali as indústrias, próximas à estrada-de-ferro inglesa. No Bexiga fixaram-se os imigrantes italianos e nas áreas elevadas e arejadas da avenida Paulista, aberta no final do século XIX, foram construídos os palacetes dos cafeicultores.
Assim como a abertura da avenida Paulista, em 1891, também foram importantes obras urbanísticas na cidade, em 1892, o Viaduto do Chá (ligando o centro velho à cidade nova); em 1825 foi inaugurado o primeiro jardim público de São Paulo, que é hoje o Jardim da Luz e, em 1901, a nova estação da SÃO PAULO Railway, a Estação da Luz. Em 1911 São Paulo ganhou o seu Teatro Municipal.
Alguns marcos do crescimento urbanístico de São Paulo Na década de 20, época de crise do café mas de grande impulso na industrialização, a cidade cresceu muito.
Em 1922, no Teatro Municipal, acontece a Semana de Arte Moderna, símbolo do movimento modernista em que intelectuais como Mário e Oswald de Andrade e Luís Aranha movimentaram as idéias assimilando as mais modernas técnicas artísticas internacionais.
Essa fase da história da cidade trouxe mudanças marcantes no campo da cultura e, na década de 30, conflitos entre a elite política e o governo federal resultaram na Revolução Constitucionalista de 1932. Foram criadas aí a escola Livre de Sociologia e Política e a Universidade de São Paulo. Essa é também a época em que foi inaugurado o maior prédio já construído na América Latina: o Edifício Martinelli, com 26 andares, o primeiro da série de arranha-céus que marcariam a futura paisagem da cidade.
Mudanças deram início à invasão dos autóveis Na década de 40, São Paulo teve uma intervenção urbanística baseada no "Plano de Avenidas" do prefeito Prestes Maia, que investindo maciçamente em seu sistema viário, possibilitou que a cidade priorizasse a circulação de automóveis, intensificada também pelo estabelecimento dessa indústria na década a seguir.
Em 1954, num aniversário da fundação, foi inaugurado o Parque do Ibirapuera, a principal área verde da cidade, com edifício projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer.
Foi nessa época que começou a mudança do parque industrial da cidade para os municípios vizinhos, até que na década de 70, essa mudança se acentuou.
Hoje, a cidade de SÃO PAULO concentra as suas atividades no setor de prestação de serviços, com centros empresariais de comércio como os diversos shopping centers e hipermercados.
Fonte: IBGE
No aniversário de São Paulo, haverá comemorações em todos os cantos da cidade. Exposições, shows e outras manifestações culturais tipicamente paulistanas, e ainda uma maratona, estão recheando a programação desse ano.

A cidade que nunca para vai agitar mais ainda no dia 25, com diversas opções para a data.

Serviço

Palestras e debates - "São Paulo do Futuro" e Show da banda Tulipa Ruiz
No dia do aniversário da cidade de São Paulo, a rádio CBN organiza um programa ao vivo com plateia e convidados especiais exatamente onde a história começou, no Pateo do Collegio. Entre os convidados para pensar e discutir a São Paulo do Futuro estão: o arquiteto Ruy Ohtake; a vice- presidente do Núcleo de Estudos do Futuro da PUC, Rosa Alegria; e o coordenador do projeto SP 2022 e colunista da CBN Maurício Broinizi. A música ao vivo ficará sob o commando da nova revelação paulistana Tulipa Ruiz.
Data: 25 de janeiro
Horário: das 9h30 às 12h
Local: Pateo do Collegio
Endereço: Pateo do Collegio - Centro (Linha 1 Azul/ Linha 3 Vermelha - Estação Sé)
Grátis

Museu Paulista ("Museu do Ipiranga") - 1ª Feira do Livro do Museu Paulista
Em comemoração aos 458 anos da cidade de São Paulo e aos 78 anos da USP, o Museu estará com uma iluminação especial na semana do aniversário, de 22 a 29 de janeiro. E, com início no dia 25 e término no dia 27, além das atividades normais, também será realizada a 1ª Feira do Livro do Museu Paulista, no Saguão do Museu. Os visitantes poderão conhecer mais sobre a história da capital paulista e encontrar livros com preços mais baixos.
Data: de 22 a 29 de janeiro
Horário: das 9h às 17h
Local: Museu Paulista ("Museu do Ipiranga")
Endereço: Parque da Independência, s/n - Ipiranga
Preços: R$ 6 (inteira) R$ 3 (meia) - Idosos acima de 60 anos e crianças de até 6 anos não pagam
Telefone: 2065-8001
www.mp.usp.br

Exposições e Apresentações de Jazz - Biblioteca Mario de Andrade
No aniversário de 458 anos da cidade de São Paulo, que também marca um ano de reabertura da Biblioteca Mario de Andrade, será oferecida uma programação especial, com a apresentação musical Chorando Jazz, uma exposição dedicada à metrópole e visitas monitoradas a cada duas horas, para que o público possa conhecer as instalações da biblioteca.
Data: 25 de janeiro
Horário: das 9h às 17h30 - espetáculo de jazz às 16h
Local: Biblioteca Mario de Andrade
Endereço: Rua da Consolação, 94 (Linha 3 Vermelha de Metrô - Entre as estações República e Anhangabaú)
Grátis (Ingressos para a apresentação de Jazz a partir das 15h)
Telefone: 3256-5270

Sarau temático "Sampoemas"
Artistas de diversas linguagens já manifestaram seu amor pela metrópole em pinturas, poemas, canções entre outras linguagens. A Casa das Rosas comemora o aniversário da cidade com a 8ª edição do Sampoemas – evento que cultua a metrópole com programação temático no mês de aniversário da cidade com palestras, recitais de poesia e sarau temático.
Data: 25 de janeiro
Horário: das 15h às 20h
Local: Casa das Rosas
Endereço: Av. Paulista, 37 - Bela Vista (Linha 2 Verde de Metrô - Estação Brigadeiro)
Grátis
Telefone: 3285-6986 / 3288-9447
www.poiesis.org.br/casadasrosas
XV Troféu Cidade de São Paulo Carrefour - 10km
Corrida em comemoração ao aniversário da cidade
Data: 25 de janeiro
Horário: às 7h40
Local: Obelisco do Ibirapuera
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n - Moema
Preço: R$ 55 (inscrições) - Grátis para espectadores
Telefone: 5095-5144


Show Paralamas do Sucesso
Os Paralamas do Sucesso fazem show gratuito Parque da Juventude, na zona norte da capital paulista, a partir das 18h.
Data: 25 de janeiro
Horário: às 18h
Local: Parque da Juventude
Endereço: Avenida Zaki Narchi, 1309 - Santana
Grátis
Telefone: 2251-2706
www.sejel.sp.gov.br/parquedajuventude



5º Vale da Participação e Parceria - Shows

Para comemorar a data, a Secretaria de Participação e Parceria (SMPP) realizará um dia repleto de shows e diferentes atrações musicais. Entre as principais atrações confirmadas para a festa, estão: Gustavo Lima, Samba de Rainha, Pixote, Katinguelê, Sampa Crew, Jammil e Uma Noites, João Bosco e Vinícius, Eduardo Costa, Orquesta Sinfônica do Maestro Carlos Martins e a bateria da escola de samba Vai Vai.
Data: 25 de janeiro
Horário: das 9h às 21h
Local: Vale do Anhangabaú (Linha 3 Vermelha - Estação Anhangabaú)
Grátis

Show Ney Mato Grosso
A Secretaria Municipal de Cultura celebra o aniversário de 458 anos da cidade de São Paulo com show gratuito do cantor Ney Matogrosso. O artista apresenta seu último trabalho, Beijo Bandido, na Praça da República.
Data: 25 de janeiro
Horário: às 20h
Local: Praça da República, s/n (Linha 3 Vermelha - Estação República)
Grátis
www.prefeitura.sp.gov.br

Show Forrópoeira - Centro de Tradições Nordestinas
Para comemorar o aniversário de São Paulo no melhor jeito nordestino, a banda Forrópoeira colocará todo mundo para arrastar o pé no CTN.
Data: 25 de janeiro
Horário: a partir das 22h
Local: Centro de Tradições Nordestinas - CTN
Endereço: Rua Jacofér, 615 - Bairro do Limão (Linha 3 Vermelha - Estação Barra Funda - No Terminal Rodoviário, pegar Lotação Santa Terezinha, que deixa próximo ao local)
Grátis
Telefone: 3488-9447 / 3488-9410
www.ctn.org.br/agenda

Conexão Cultura - Exposições, música e gastronomia
“Conexão Cultural São Paulo”, projeto organizado pela Conexão Cultural, promove acesso e conteúdo na área cultural, por meio da integração entre as mais diversas formas de arte. O evento tem como objetivo integrar as pessoas com a cidade por meio da arte, música e gastronomia. As atividades serão realizadas no MIS.
Data: 25 de janeiro
Horário: das 13h às 22h
Local: Museu da Imagem e do Som - MIS
Endereço: Av. Europa, 158 - Jardim Europa
Grátis
www.mis-sp.org.br
Show "Sinfonia Paulistana"
A história da cidade de São Paulo — de Anchieta até os dias de hoje — contada musicalmente, com gêneros atuais, vem acompanhada de um documentário que registra e preserva esse memorável capítulo da MPB.
Data: 25 de janeiro
Horário: Às 20h30
Local: Centro Cultural Fiesp Ruth Cardoso
Endereço: Av. Paulista, 1313 (Linha 2 Verde - Estação Trianon-MASP)
Grátis (retirada de ingressos no Teatro do Sesi-SP, a partir das 12h do dia 25/01)
Telefone: 3146-7405
www.sesisp.org.br
Show de despedida do Exaltasamba
Uma das maiores e mais queridas bandas de pagode do Brasil, o Exaltasamba se despede de São Paulo com show no Pavilhão do Anhembi, na zona norte da cidade.
Data: 25 de janeiro
Horário: abertura dos portões às 12h; apresentações a partir das 16h
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi
Endereço: Avenida Olavo Fontoura, 1209 - Santana
Preço: entre R$ 50 e R$ 100
Telefone: (11) 4003-5559
Site: www.atrasdotrio.com.br
Turismetrô especial
Normalmente realizado aos fins de semana, o Turismetrô é um passeio que percorre diversos pontos turísticos de São Paulo, divididos em cinco roteiros, tendo como ponto de partida a Estação Sé do metrô. Excepcionalmente na quarta-feira do aniversário da cidade, todos os roteiros serão realizados, às 9h e às 14h.
Data: 25 de janeiro
Horário: 9h – Turismo na Sé / Turismo na Paulista. 14h – Turismo na Luz /  Turismo na Liberdade / Turismo no Teatro Municipal
Local: Estação Sé do Metrô
Preço: entre R$ 2,90 e R$ 5,80 (um ou dois bilhetes de metrô)
Telefone: (011) 2958-3714 / 7716-5141
Site: www.metro.sp.gov.br/cultura/turismetro/turismetro.asp
Passeio de Trólebus
Saindo do Pateo do Collegio, o Trólebus circula por vários pontos famosos do centro de São Paulo, como o Largo São Bento, Avenida São João e Avenida Ipiranga. Por motivos de organização, serão distribuídas senhas aos participantes, a partir das 8h30.
Data: 25 de janeiro
Horário: das 9h às 16h – o passeio tem duração de 40 minutos
Local: Pateo do Collegio
Endereço: Pateo do Collegio - Centro (Linha 1 Azul/ Linha 3 Vermelha - Estação Sé)
Grátis
Música - Projeto Agridoce
A roqueira baiana Pitty e o guitarrista da sua banda, Martin, inovaram em novo projeto musical. O estilo intimista, puxando para o folk, é bem diferente do trabalho habitual da cantora. Eles apresentam o resultado disso no Sesc Pinheiros.
Data: 25 de janeiro
Horário: às 18h
Local: Sesc Pinheiros
Endereço: Rua Paes Leme, 195 - Pinheiros (Via Quatro - Linha Amarela de Metrô - Estação Faria Lima)
Preço: R$ 32 (inteira) R$ 16 (meia) R$ 8 (associados Sesc)
www.sescsp.org.br
Exposição - São Paulo 458 - A Bela Metrópole
O Museu Afro Brasil inaugura no dia do aniversário de São Paulo a exposição fotográfica que mostra registros cidade quando havia bondinho, mansões na Avenida Paulista e o auge glamuroso do Teatro Municipal.
Data: inauguração dia 25 de janeiro
Horário: às 13h
Local: Museu Afro Brasil
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n - Parque do Ibirapuera
Grátis

Passeio - "Cãonhecendo São Paulo"
A sétima edição do evento leva os cães e seus donos para conhecerem parte da história da cidade em "cãominhada" pela Avenida Paulista. No roteiro, estão passeio pelo parque Trianon, passagem pelo MASP, edifício da FIESP/CIESP, parque Mário Covas, Instituto Pasteur, Itaú Cultural, Hospital Santa Catarina e com chegada na Casa das Rosas. No final, os "turistas de quatro patas" irão aproveitar um saboroso cafezinho no interior da casa. Os donos também vão participar da refeição.
Data: 25 de janeiro
Horário: das 9h às 12h
Local: concentração no Parque Trianon (Linha 2 Verde de Metrô - Estação Trianon-MASP)
Endereço: Av. Paulista
Preço: R$ 60 (humanos) R$ 30 (cão)
www.turismo4patas.com.br
Espetáculo - Fonte do Parque do Ibirapuera
O lindo espetáculo da Fonte Iluminada do Parque do Ibirapuera acontecerá novamente em virtude do aniversário da cidade. Durante nove dias, o público poderá ver diariamente um show de luzes e músicas em homenagem à cidade.
Data: de 21 a 29 de janeiro
Horários: às 20h30 e às 21h
Local: Lago do Parque do Ibirapuera
Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n
Grátis
http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/noticias/2639-programacao-para-o-aniversario-de-sao-paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário